Opening

Boa noite.

Você acredita com frequência que pode ver e perceber coisas que as pessoas a sua volta nem notam?
Você poderia jurar que em um ou mais momentos de sua vida você viu um monstro?
Você não tem um pai/mãe ou acha que não é filho de seu pai/mãe?
Você tem TDAH?
Sinto-lhe informar, mas é bem provável que você seja um semideus.
A má notícia: os monstros são reais e eles podem sentir seu cheiro. Não use celulares ou equipamentos eletrônicos, ou eles te perseguirão com ainda mais afinco e certeza de sua natureza semidivina.
A boa notícia: bem… não existe exatamente uma boa notícia nisso.
Meu conselho?
Procure o sátiro mais próximo e corra para o Acampamento Meio-Sangue. Lá você estará entre os nossos e seguro. Lá você aprenderá sobre combate e defesa e será reclamado por seu pai ou mãe divino.Com sorte, você pode até mesmo ser um irmão, uma criança de Hecate como eu.
Ela é a deusa da magia, dos caminhos e encruzilhadas e também dos mistérios e fantasmas. Também tem muita afinidade com cães. Mas certamente a melhor parte de todas é a magia. Esqueça espadas de Bronze Celestial e aqueles outros trambolhos pesados. Nós estamos em um nível totalmente diferente. Poções, alquimia, palavras de poder, rituais… essa é a nossa praia. Cá pra nós, ela é uma mãe bem atenciosa e cuidadosa também (infinitamente melhor que Ares ou Hermes, na minha opinião), do tipo que nunca vai negar ajuda quando realmente precisarmos.
Nosso chalé no acampamento é o 20º, foi criado recentemente, depois que uma guerra entre os Olimpianos e Chronos teve uma adesão monstruosa de semideuses filhos de deuses menores nas fileiras inimigas. Muitos de nós caíram em combate e alguns simplesmente sumiram do mapa. Agora estamos bem com os outros semideuses e isso é bom. Mas não significa que as batalhas terminaram. As batalhas nunca terminam para os semideuses.
E existe uma grande batalha se desenrolando nesse momento.
Não posso me expor mais do que já me expus, mas vou contar pra vocês sobre essa batalha. Muitas coisas estão em jogo e a mais importante sem dúvida é impedir o fim do mundo como conhecemos.
Essa é a história sobre o que viríamos a chamar de Guerra contra Gaia.
E vocês podem me chamar de Ghost Writer.
Anúncios

Comente!

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s