How Nico Met Morgan – Pt. I

New York to Toledo
New York , Albany Station , 20h

Nico di Angelo has emerged from a shadow in the station. The mortals flow was not great in that part of the train station so he was not worried about whether or not he had been seen. Since he had begun his quest for the Doors of Death, a few months before, from time to time the boy returned to the human world to get some rest of his solo mission. Time passed and he was getting absolutely no idea of where he still could look , which made him worried. There were few places where he had not sought and the other options were not encouraging.

He headed for the exit of the station when, over the conversations of the people, steps coming and going, suitcases wheels running on the floor and speakers with ads about the hours, arrive and departure of trains, he had the impression of hearing a melody. Started low and quite timid, but gradually began to gain momentum, as the boy approached the source to see what other people in the station had stopped to see too. There, with a mahogany colored guitar hanging in a sling, a girl presented itself, the open guitar case on the floor, probably to receive tips. When she started singing it was like hearing the voice of the own nymphs, sweet and smooth, but there was a deep note of melancholy in the music pauses. The shiny black hair was loose underneath wool beret and a few strands hung down over her shoulders as she moved. A black coat, also of wool, slipped a bit of a shoulder, being lower than the other side, along with the sleeves who almost covered her fingers, giving it an asymmetric and careless charm, enhanced by shabby boots and long scarf. Anyway, when the song ended, she made a quick curtsy, almost losing his glasses made of silver fine hoop, quickly adjusting it with one hand. His talent out amply rewarded by people, who soon returned to their routines as if that song had never passed them by ear, but it did not seem to bother the girl, who was put to pack her things. Nico was stunned, the only one who had not moved from his place yet.

Continuar a ler

Parafernalha lança vídeo humorístico sobre os Deuses do Olimpo

Salve galera, estou passando aqui para postar um vídeo que apareceu nessa semana do canal Parafernalha, bastante conhecido no YouTube. O grupo postou um vídeo sobre as utilidades dos deuses gregos na cultura brasileira, um vídeo muito engraçado mostrando Poseidon (que mais parece um bicheiro do que o Poseidon de fato) chamando os deuses olimpianos para trocar uma ideia de como os poderes deles poderiam ser melhor utilizados nas terras tupiniquins.

Vale a pena avisar que se você ver esse vídeo esperando enxergar qualquer traço mitológico ou dos livros do Riordan, é melhor você esquecer de ver esse vídeo como um leitor e vê-lo com um vídeo do Parafernalha. Os vídeos que eles postam geralmente são imbuídos de duplo sentido, humor ácido e/ou paródias adaptadas ao comportamento de massa. É um vídeo de humor, afinal de contas. Espero que vocês se divirtam com o vídeo e aproveitem. Até mais, galera!

Canal do Parafernalha: Youtube

Como Nico conheceu Morgan – Pt. I

De Nova York à Toledo
Nova York, Albany Station, 20h

Nico di Angelo emergiu de uma sombra na estação. O fluxo de mortais não era grande naquela parte do terminal de trens, então ele não estava preocupado se havia sido visto ou não. Desde que ele havia começado sua busca pelas Portas da Morte, alguns meses antes, de tempos em tempos o garoto retornava ao mundo humano para descansar um pouco de sua missão solitária. O tempo passava e ele começava a ficar sem absolutamente nenhuma ideia dos locais onde poderia procurar, o que o deixava preocupado. Havia poucos lugares onde ele ainda não havia buscado e as opções restantes não eram animadoras.

Ele se encaminhava para a saída da estação quando, por cima das conversas das pessoas, passos indo e vindo, rodinhas de malas rodando pelo piso e anúncios nos autofalantes sobre os horários, chegas e partidas dos trens, ele teve a impressão de ouvir uma melodia. Começou baixa e meio tímida, mas começou a ganhar volume gradativamente, conforme o rapaz aproximava-se da fonte para ver o que grande parte da estação havia parado para ver também. Ali, com um violão cor de mogno pendurado numa bandoleira, uma menina se apresentava, o estojo do violão aberto no chão, provavelmente para receber gorjetas. Quando ela começou a cantar, era como ouvir a voz das próprias ninfas, doce e suave, mas havia uma nota profunda de melancolia nas pausas da música. Os cabelos pretos e brilhantes estavam soltos por baixo da boina de lã, e algumas mechas caíam-lhe sobre os ombros conforme ela se movia. Um casaco preto, também de lã, escorregava um pouco de um dos ombros, ficando mais baixo que o outro lado, junto com as mangas que por pouco não lhe cobriam os dedos, conferindo-lhe um charme assimétrico e descuidado, reforçado pelos coturnos surrados e o cachecol comprido. Enfim, quando a música terminou, ela fez uma mesura rápida, quase perdendo os óculos prateados de aro fino, rapidamente ajeitando-o com uma das mãos. Seu talento fora largamente recompensado pelas pessoas, que logo voltaram às suas rotinas, como se aquela música jamais tivesse passado-lhes pelos ouvidos, mas aquilo não pareceu incomodar a menina, que se colocara a arrumar suas coisas. Nico estava atônito, o único que não saíra de seu lugar ainda.
Continuar a ler

House of Hades – Chapter VIII – Nico

Few things had taken Nico’s his life; the death of Bianca, getting stuck inside an amphora for a week, and now he could add to the list in formation: “witness a fight between two demigods in the middle of a storm”. A mixture of admiration and apprehension took over the boy when Morgan jumped over Jason with all her might, staring the son of Jupiter with the eyes of a predator. Curiosly, that Morgan reminded him very little of the Morgan he had known and helped to fight in the Central Park, many months before, but he had no doubt that he could heavily rely on someone who advocated theirs causes with such commitment and ferocity.

She was talking with Leo, tendeding the wound in her leg, seated on the deck of the Argus II. Nico had recovered the the daughter of Hecate’s rifle with sawed barrel of and now was heading towards the duo, to return it. Morgan was wobbling, seated, probably trying to scare away the pain, but incredibly she managed a smile when she noticed Nico nearby, just the way he saw her smile several times before.
Continuar a ler

Casa de Hades – Capítulo VIII – Nico

Poucas coisas haviam deixado Nico sem fôlego em sua vida; a morte de Bianca, ficar preso dentro de uma ânfora por uma semana e agora ele podia acrescentar à lista em formação: “presenciar uma luta entre dois semideuses no meio de uma tempestade”. Um misto de admiração e apreensão tomaram conta do menino quando Morgan partira para cima de Jason com todas as suas forças, olhos fixos no filho de Júpiter como os olhos de um predador. Curiosamente aquela Morgan lhe lembrava muito pouco da Morgan que conhecera e ajudara a combater na Grand Central Station, muitos meses antes, mas ele não tinha dúvidas de que poderia confiar fortemente em alguém que defendia suas causas com tamanho empenho e ferocidade.

Ela conversava com Leo agora, e cuidava do machucado na perna, sentada no convés do Argus II. Nico tinha recuperado a espingarda de cano cerrado da filha de Hecate e agora se dirigia até a dupla, para devolvê-la. Morgan balançava-se, sentada, provavelmente tentando espantar a dor, mas incrivelmente conseguiu sorrir quando percebeu Nico por perto, exatamente da maneira que a vira sorrir diversas vezes antes.

Continuar a ler