Casa de Hades – Capitulo XI – Reyna

– Reyna! Octavian chegou!!

Ela despertou subitamente com o aviso de Dakota. Quando ela sentou na cama de armar e olhou para a entrada da tenda a silhueta do filho de Baco já tinha sumido. Ela se vestiu rapidamente, terminando de fechar as fivelas do peitoral de sua armadura romana enquanto dirigia-se para a tenda do conselho de guerra, Aurum e Argentum em seus calcanhares. Ela tinha passado quase a noite toda em claro pensando no que Sam tinha dito. Ela entendia perfeitamente o sentimento da filha de Trivia em proteger seus irmãos, ela faria exatamente o mesmo por Hylla (assim como tinha certeza de que Hylla faria o mesmo por ela), mas ela estava numa posição delicada com Octavian tentando se sobressair de qualquer maneira como o grande salvador da pátria à custa do sangue e suor dos soldados romanos. Ela segurou forte o mapa que Sam tinha lhe dado na noite anterior, o selo de cera rompido, pensando se o levaria ao conselho de guerra ou não. Respirou fundo e mandou seus cães para longe… eles odiavam mentiras afinal de contas.

Octavian estava sentado na cabeceira da mesa, sendo interado dos assuntos por Dakota. Ele parecia indicar quais locais no mapa já haviam sido vasculhados pelos batedores e de quais locais eles ainda não haviam obtido nenhum resultado. Quando Reyna cruzou a entrada da tenda ele se calou, fazendo com que Octaviam levantasse o olhar do mapa para a Pretora.

Continuar a ler

Anúncios