A Casa de Hades – Capítulo VI – Jason

Jason gostaria de ter dormido mais naquela noite, mas não era hora de pensar em uma coisa daquelas. Leo havia soado o alarme, e todos corriam para o convés.

O vento estava forte e selvagem. Se antes eles haviam se surpreendido com o número de monstros no Monte Pindo, o filho de Zeus tinha motivos para uma nova surpresa: Jason jamais vira tantos espíritos da natureza juntos como via agora. Eles se dirigiam na direção do Argus II com uma expressão não muito amigável, marchando em massa através do declive, armados, gritando, sibilando, chiando e todos os outros sons que eram capazes de emitir. Hazel não demorou a ladea-lo, acompanhado de Piper e Leo. Frank ficara para trás junto com Nico, e o treinador Hedge gritava alguma coisa sobre não ter nem ao menos tempo de usar o banheiro em paz, enquanto corria com um pedaço de papel higiênico preso no casco. Jason teria pensado o quanto ele não precisava daquele look do sátiro quando se focou novamente nos espíritos da natureza.

– Eles estão furiosos, os espíritos da natureza. – Piper estava apreensiva
– Sim mas…. tirando causar uma avalanche na montanha lá trás, o que poderíamos ter feito pra isso?
– Deve ser coisa de Gaia. – Jason empunhou sua espada de ouro imperial, tomando a frente do grupo
– Que seja! Vamos mostrar pra eles quem é que está com a razão com nossos punhos!! – o treinador socou o ar, enérgico
– Achei que Sátiros também pudessem ser considerados um tipo de espírito da natureza…
– Chega mais perto pra eu te mostrar toda a minha espiritualidade natural, Valdez!
– Onde está Morgan? – Hazel olhava para os lados, apreensiva

Continuar a ler

Anúncios